segunda-feira, 24 de junho de 2013

O mensalão não foi maior escândalo de corrupção da história do Brasil

A mídia insiste em dizer que o mensalão foi o "maior caso de corrupção da história". Só para quem não tem memória. A revista Mundo Estranho, publicação da editora Abril, listou 10 casos de corrupção e, pasmem, o mensalão não é  o maior.
De acordo com a revista o mensalão provocou um rombo de R$ 55 milhões. No entanto, o caso dos "vampiros" do Ministério da Saúde (lembra Serra?) deixou um rombo de R$ 2,4 bilhões. Não sou expert em matemática, mas R$ 2,4 bilhões é maior do que R$ 55 milhões.
Mas houve um rombo bem maior no Paraná, entre 1996 e 2000, no Banestado. R$ 42 bilhões foram desviados e quem estava no comando do governo era Jaime Lerner, eleito pelo PDT e depois se transferiu para o PFL, atual DEM, apoiado pelo PSDB.
Não se esqueçam do escândalo do Banco Marka, que envolveu o alto escalão do Banco Central em pleno governo FHC. Nada menos que R$ 1,8 bilhão foi o rombo deixado pelo escândalo, que não é tratado pela mídia como "o maior escândalo de corrupção".
Ah, FHC também foi protagonista do caso Sudam, onde R$ 214 milhões foram desviados. Dirigentes da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia desviavam dinheiro por meio de falsos documentos fiscais e contratos de bens e serviços. Dos 143 réus, apenas um foi condenado e recorre da sentença. Jader Barbalho, acusado de ser um dos pivôs do esquema, renunciou ao mandato de senador, mas foi reeleito em 2011.
Houve outros casos de corrupção durante o governo Lula, como o caso da construtora Gautama que pagava propina para servidores públicos, para ter facilidade na hora das licitações das obras. R$ 610 milhões foram para o ralo.
Ou seja, o espetáculo que a mídia proporcionou no caso do mensalão mostra claramente que foi revanchismo contra o PT. A mídia golpista não conseguiu emplacar seus candidatos José Serra (2002 e 2010) e Geraldo Alckmin (2006) e resolveu intervir, proporcionando ao Brasil o maior espetáculo midiático de um caso de corrupção.
O que Globo, Veja, Folha, Estadão e outros grandes veículos chamam de "o maior caso de corrupção", não passou nem perto. Entendam, meus seis leitores, não estou defendendo a corrupção, e sim tentando colocar uma luz sobre as sombras criadas pela imprensa.
Leiam a matéria completa no site da revista Mundo estranho: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/os-maiores-escandalos-de-corrupcao-do-brasil

3 comentários:

W. Xavier Carmo disse...

Envolvidos no mensalão podem ter dado rombo de quase R$ 2,9 milhões | Jornal O Fluminense
www.ofluminense.com.br

Anônimo disse...

Absurdo. Mnesalão nem escândlo foi, mas coisa norma de caixa 2. E o caso SUDAM, menos ainda, tanto que Jader já foi inocentado de todas as acusações. E além disso, tudo não passou de perseguição porque esse iria apoiar o Lula.

Daniel Alves Ballesteros disse...

Ou seja, ou você monta uma guerrilha de inteligência (guerra civil) pra exterminar todos da política e dos meios empresariais, ou você sai do Brasil, pessoa inteligente. Ou então, continua aqui comendo a pizza de banana e batendo palma pra Globeleza sambar o traseiro na tua cara! Hoje, no "brasil", se escolhe o menos pior...