segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Comer amora?

Uma criança na fase de aprendizado é algo que devemos observar com carinho, porque dessas cabecinhas a mais de mil por hora surgem algumas pérolas fantásticas.
Já contei aqui, para meus seis leitores, algumas das peripécias do meu pequeno herdeiro, o Pedro. De vez em quando ele solta algumas frases desconcertantes tiradas do nada, ou simplesmente entende errado o que dissemos.
Foi o caso da nossa viagem de Sampa para Bauru, no domingo depois do Natal. Eu e minha cúmplice conversávamos sobre o cardápio do Ano Novo, quando ele perguntou o que era o Ano Novo.
A Layla respondeu que é uma festa em que a gente comemora o fim de mais um ano e a chegada de outro. Ele até que entendeu, mas eis que de repente ele solta a pérola: "Eu gosto de comer amora".
Hein? Como assim, comer amora? O que tem a ver? Ora, mãe, você não falou que a gente come amora no Ano Novo? Pausa dramática de pais estupefactos... Risadas... Explicação: não é come amora, filho, é comemora, festeja. Ah, bom! Mas eu gosto de comer amora mesmo assim. ´
Esse é o Pedro...

4 comentários:

Lucimara Souza disse...

Que bonitinho!!!
Não tenho filho, mas tenho um sobrinho que, vez ou outra, solta algumas dessas preciosidades.
Abraços,
Lu

PIMENTA E POESIA disse...

Marcelão, Pedro é um fofo e eu já sou fã dele. Amo crianças, como vc sabe, trabalho com elas há anos na Educação Infantil. Sou muito ligada em tudo o que criança diz, elas têm a chave de tudo, principalmente do nosso massacrado coração de adultos. Beijão na sua "cúmplice" (adoro isso!) e no Pedro.

Marisa Mattos disse...

Ai que fofo...estou vendo meus sobrinhos...Aproveita essa fase amigo...passa rápido e deixa saudades.Beijos e come bastante amora em 2011,ok?

Marisa disse...

*MORRI*!! Hahahahahaaha!! Eu também gosto de amora!