terça-feira, 22 de novembro de 2011

Eu tento fazer poesia...

Eu tenho medo

Eu tenho medo...
Quem me vê não percebe o medo que sinto
Quem me cerca não sabe o pavor de viver que tenho
Tenho medo da morte
Tenho medo de altura
Tenho medo de tudo dar errado
Tenho medo de tudo dar certo...

Eu tenho medo...
As pessoas passam por mim e sorriem
Mas não sabem que meu sorriso é temeroso
Tenho medo de arriscar
Tenho medo de perder
Tenho medo de ganhar
Tenho medo que descubram que tenho medo...

Eu tenho medo...
Mas sigo meu caminho 
Esperando que não haja obstáculos
Tenho medo de dormir e não acordar
Tenho medo de acordar e sair
Tenho medo de sair e não voltar...

Sobretudo, tenho medo de que o medo me domine
Tenho medo de entregar os pontos
Tenho medo de desistir
Tenho medo de temer aquilo que não devo
Tenho medo...
Mas maior que o medo é o desejo de chegar

Um comentário:

PIMENTA E POESIA (Maria Tereza) disse...

Saudade, cara...... olha, senti sua falta. E quanto aos leitores, meu caro, vc não tem apenas seis, mas te garanto que são leitores de qualidade. rsrsrs Abração, vê se não some de novo, uai! (mas eu te entendo...às vezes, muitas vezes, é preciso sumir...).